Escola da Magistratura do Paraná - EMAP

icon
icon


Notícias

Conselho Técnico da Escola Nacional de Magistratura –ENM da Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB
14/12/2017



O Conselho Técnico da Escola Nacional de Magistratura –ENM da Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB, reunida em Brasília na sede da AMB para o Encontro Setorial da Diretoria Executiva, com a presença do Presidente da AMB, Jayme de Oliveira e os seus membros: Diretor Presidente da ENM Dr. Marcelo Cavalvanti Piragibe Magalhães; Vice-Diretor Presidente Sérgio Ricardo de Souza; Secretária Geral Aldina de Carvalho Soares; Coordenador Pedagógico Caetano Levi Lopes; e coordenadores Ângelo Bianco Vettorazzi, Claudia Pires dos Santos Ferreira, José Laurindo de Souza Netto, Michelini de Oliveira Dantas Jatobá e o Diretor Técnico de EAD Walter Capanema, deliberou sobre assuntos importantes, dentre os quais o futuro das escolas associativas e o Congresso Nacional da AMB que ocorrerá no mês de março em Maceió, onde serão apresentados vários trabalhos com temas de relevância nacional.




Na pauta também constou a apresentação do relatório anual de atividade da ENM em 2017 e as propostas de cursos internacionais na Itália, Canadá e outros países.

Discutiu-se a implementação do Ensino a distância, com apresentação do Dr. Walter Capanema – Diretor Técnico de EAD ENM/AMB e tratou-se da publicação virtual da Revista da Escola Nacional de Magistratura.

O destaque da reunião ficou a cargo dos cursos do primeiro semestre do próximo ano que serão realizados e transmitidos simultaneamente para todo o Brasil.

A novidade será o Ciclo de palestras Barbosa Moreira que trará ilustres conferencistas para o debate com a comunidade jurídica local. A exemplo da Escola da Magistratura do Paraná através do Ciclo de Palestras Itaipu Binacional da EMAP/AMAPAR realizado em 2017.

O Desembargador José Laurindo de Souza Netto, representante da Escola da Magistratura do Paraná, como membro do Conselho Técnico da Escola Nacional relata que a reunião foi muito produtiva e que para o próximo ano serão implementados novos instrumentos que vão melhorar as atividades das escolhas e a principal ferramenta será o sistema EAD.


 
“O aprimorando da plataforma do sistema EAD, que gerencia e automatiza todos os aspectos relacionados à administração de cursos a distância ou presenciais e suporta os processos de planejamento, inscrição/matrícula, oferta, acompanhamento e avaliação dos eventos realizados pela Escola e também os resultados da aprendizagem, tem sido uma preocupação constante das Escolas da Magistratura.  Por isso precisamos investir nossas energias e não economizar esforços na busca de soluções práticas para a implementação dessa ferramenta”.     
EMAP - Núcleo de Curitiba
Voltar